Qual A Causa Do Cheiro Peculiar Das Pessoas Idosas?

Tente pensar na sua avó e avô por uns segundos. Lembre-se do abraço apertado que eles te dão, ou davam, ao te encontrar. Junto a essa memória, é bem provável que haja a lembrança do cheirinho peculiar deles. Este cheiro pode ser a motivo de você se lembrar deles quando cumprimenta ou visita outras pessoas idosas.

O odor do corpo humano consiste de vários tipos de componentes presentes em nosso suor. A concentração desses componentes muda conforme envelhecemos.

Estudos científicos comprovaram a existência e encontraram uma causa para este cheirinho específico que as pessoas idosas possuem. Este cheiro pode ter servido, inclusive, para a seleção dos indivíduos mais fortes, no processo de evolução humana.

O que causa o cheiro peculiar nas pessoas idosas?

Para se referir a este odor peculiar que as pessoas desenvolvem ao chegar a velhice, os japoneses criaram o termo “kareishu“. Em um estudo, pesquisadores japoneses ligaram o odor a um composto químico chamado 2-nonenal. O composto é um subproduto de outras reações químicas. Ele emite um cheiro de gordura e grama recém cortada, conforme as moléculas deixam a pele e são lançadas ao ar. Pesquisadores descobriram que o 2-nonenal é o único composto de odor cuja presença de tornava mais forte com a idade.

No estudo, 22 pessoas com idades entre 26 e 75 anos foram convidados a dormir com uma camiseta especial. A camiseta era feita de um tecido com alta capacidade de absorção de odores. Depois, as moléculas que ficaram presas às camisetas foram analisadas. As moléculas de 2-nonenal eram 3 vezes mais frequentes nas camisetas utilizadas pelo grupo de pessoas mais velhas, do que nas utilizadas pelas pessoas de meia-idade. As pessoas mais jovens analisadas, apresentaram a menor concentração de 2-nonenal em suas camisetas.

Qual A Causa Do Cheiro Peculiar Das Pessoas Idosas?
Para se referir a este odor peculiar que as pessoas desenvolvem ao chegar a velhice, os japoneses criaram o termo “kareishu

Os pesquisadores especulam que o aumento da concentração de 2-nonenal pode estar relacionado a quebra de ácidos graxos insaturados ômega-7. Essa teoria se deve ao fato de que moléculas de ômega-7 também estavam presentes nas camisas usadas pelos mais idosos do estudo.

É possível que o 2-nonenal possa ser produzido como um subproduto do ômega-7, à medida que o composto se deteriora. Essa deterioração ocorre possivelmente por causa de mudanças no metabolismo que ocorre conforme envelhecemos. Outra causa possível seria a mudanças na quantidade de outros produtos químicos, que também são liberados através da pele.

É possível identificar a idade das pessoas pelo cheiro?

Outro estudo realizado, mediu a capacidade dos participantes de identificar a idade das pessoas pelo cheiro. Os participantes do estudo tinham idades entre 20 e 95 anos. Durante o estudo, descobriu-se que era quase impossível identificar diferença de odor entre o grupo de 20 a 30 anos. O mesmo ocorreu com o grupo de 45 a 55 anos de idade. Entretanto, os participantes conseguiam identificar facilmente o cheiro de pessoas idosas (de 75 a 95 anos).

Mesmo assim, os participantes não classificaram o cheiro de “idoso” como intenso ou desagradável. O cheiro era simplesmente descrito como perceptível e facilmente reconhecível.

Qual o objetivo biológico por trás deste cheiro característico?

Qual A Causa Do Cheiro Peculiar Dos Nossos Avós?
O cheiro de pessoa mais velha, poderia ser uma propaganda, deixando claro para os nossos ancestrais que a qualidade genética do indivíduo mais velho era superior.

O objetivo biológico por trás do cheiro de “pessoa idosa” ainda não está claro. Entretanto, alguns pesquisadores acreditam que ele está ligado a uma característica de detecção de idade, incorporada por seres humanos e animais.

Por exemplo, alguns animais podem distinguir entre animais mais velhos e mais jovens apenas pelo cheiro, e alguns animais são conduzidos a acasalar com animais mais velhos. É possível que a capacidade de detectar o cheiro de animais mais velhos tivesse o objetivo de identificar sobreviventes de longo prazo. Afinal, sobreviventes de longo prazo teriam uma vantagem genética, que aumentava suas chances de sobrevivência e reprodução.

Ou seja, o cheiro de pessoa mais velha, poderia ser uma propaganda, deixando claro para os nossos ancestrais que a qualidade genética do indivíduo mais velho era superior.

Adaptado de health.howstuffworks.com.

Você também vai gostar de ler: